Arte e Cidadania no Circo: Os Kaco oferece vagas para formação de Arte Educadores Multiplicadores do Circo Social

Arte e Cidadania no Circo: Os Kaco oferece vagas para formação de Arte Educadores Multiplicadores do Circo Social

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

O Circo Os Kaco está com inscrições abertas para formação em arte educação no Curso de Formação de Arte Educadores Multiplicadores do Circo Social. Serão selecionadas 15 pessoas que irão receber capacitação de iniciação para atuar na área do Circo Social. A formação acontecerá de março a julho de 2024 (com carga horária de 360 horas) e concederá oito bolsas de estudo no valor de R$ 900,00 (novecentos reais).

Os arte educadores em formação irão atuar como multiplicadores no projeto Arte e Cidadania no Circo por meio das aulas do Circo Social Os Kaco, desenvolvido há 11 anos no Distrito de Taquaruçu através do Projeto Arte e Cidadania no Circo. Podem participar homens e/ou mulheres, maiores de 18 anos de idade, com ou sem experiência na arte circense.

As inscrições estão abertas até o próximo domingo, 25. O regulamento e a ficha de inscrição podem ser conferidos no site do Circo Os Kaco pelo link https://www.oskaco.com.br/formaçãodearteeducadores. Mais informações também podem ser adquiridas pelo email [email protected] ou no telefone (63) 99241-1203.

De acordo com o presidente do Circo Os Kaco, Kadu Oliviê, a metodologia é baseada nos princípios e práticas da Educação Popular, e a formação pretende fortalecer e ampliar o trabalho de Circo Social. Serão ofertadas como disciplinas Atividades de Vivências, Técnicas Circenses, Aquilombamento – Afrocentricidade: Estéticas Negras Contemporâneas no Circo, Educação Inclusiva, Estágio em Circo Social, Educação Popular, Pedagogia Circense e Prevenção de Lesão, Ritmo e Melodia na Prática Circense: Capacitação em Musicalidade para educadores e ainda atividades complementares.

Projeto

A iniciativa é resultado do projeto Arte e Cidadania no Circo, que acontece há 11 anos no distrito de Taquaruçu, neste ano de 2024 fomentado pelo Programa Funarte Retomada 2023 – Circo. A realização é da Associação Companhia Os Kaco e conta com a parceria do Curso de Licenciatura em Teatro da Universidade Federal do Tocantins (UFT) e da PROEX/UFT que irá certificar os participantes ao final do Curso, além das parcerias com a Rede Circo do Mundo Brasil e a Federação de Artes Cênicas do Estado do Tocantins (Fetac).

A coordenadora-geral do projeto, Marcela Pultrini, lembra que o projeto foi beneficiado com a primeira colocação da região Norte no Brasil no edital Funarte Retomada. “É um resultado que nos deixa muito honrados, pois é a concretização de um sonho que já estamos há mais de dez anos lutando pela execução, muitas vezes de forma voluntária, mostrando a força e paixão do Circo no Norte do País”, declara.

Histórico

O projeto Arte e Cidadania no Circo iniciou quando a Cia Os Kaco chegou no Tocantins em 2013, oferecendo oficinas de circo e capoeira angola gratuitas em Taquaruçu, onde foi instalada a primeira lona de Circo fixa na região Norte do Brasil. Ao longo de uma década, o projeto beneficiou crianças, adolescentes, jovens e muitas famílias de Taquaruçu e de todo município de Palmas e região, propiciando acesso a bens culturais e a possibilidade de uma vida melhor para seus participantes. Estas atividades se integraram ao Festival de Circo de Taquaruçu, trazendo também pessoas de todo o município de Palmas e região, e também de outras regiões do país para participar das atividades.

O projeto foi evoluindo e se intensificando com oferecimento de aulas semanais de Circo, atividades de Educação Ambiental com o PermaCirco, realização de mostra dos resultados artísticos e integração efetiva com o Curso de Licenciatura em Teatro na Universidade Federal do Tocantins – UFT. Em 2015 se formalizaram como Associação Companhia Os Kaco e foram reconhecidos como Ponto de Cultura pelo Ministério da Cultura. Atualmente, o projeto Arte e Cidadania no Circo é associado à Rede Circo do Mundo no Brasil que busca expandir suas formas de atuação e atendimento à comunidade.

Fotos: Tariana Zacariotti/Divulgação

Hayla

Hayla

Comente

Relacionadas

Outras postagens