Grupo Um Ponto Dois de Teatro apresenta versão abrasileirada de Romeu e Julieta

Grupo Um Ponto Dois de Teatro apresenta versão abrasileirada de Romeu e Julieta

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

O Grupo Um Ponto Dois de teatro nasceu em 2012 e realiza um importante trabalho no cenário cultural do Tocantins, produzindo espetáculos, seriados, documentários e artigos sobre o universo teatral do nosso estado, sendo um dos grupos de teatro mais ativos na última década no Tocantins. E apresenta nesta terça, 26, o espetáculo Maria Julieta e Zé Romeu, uma versão abrasileirada do clássico de Shakespeare, inspirada também nas obras do dramaturgo brasileiro, Benjamim Santos e dirigida por Barbara Tavares. A obra produzida foi encomendada pelo grupo a dramaturga Nadia João, e traz elementos do universo do maracatu.


A diretora do espetáculo Bárbara Tavares é professora efetiva do curso de licenciatura em Teatro da Universidade Federal do Tocantins, e sua relação com o grupo é antiga: É uma alegria acompanhar de perto o trabalho destes artistas, que uniram universidade, comunidade escolar e artistas da sociedade civil em um movimento pró teatro regional desde a sua origem, sempre com histórias potentes e afirmativas sobre o seu lugar nas culturas que enriquecem o nosso Brasil. Já havia contribuído com o grupo em algumas oficinas, mas o convite para dirigi-los nesta montagem de dez anos foi sem dúvida muito especial e acolhida também com muita admiração por mim” finalizou a diretora.

O espetáculo acontece hoje a noite, durante a programação da Mostra de Teatro e Circo do Sesc -TO), as 20H com entrada gratuita. A história conta sobre o romance entre dois jovens de famílias rivais, que tramam um plano para estarem juntos.

O Grupo UPD – Com dez anos completados em agosto do ano passado, o grupo palmense já produziu oito espetáculos, três curtas metragens, dois documentários e um seriado disponível no You Tube com oito episódios. Atingindo um público estimado de mais de trinta mil pessoas, o grupo é reconhecido pelo Ministério da Cultura como Ponto de Cultura e é referência da arte teatral realizada no norte do Brasil.
O nono espetáculo do grupo é produzido de forma independente e conta no elenco com: Amanda Nobre, Ana Kamila Castaño, Icaro Railan, Karla Pollyanna, Sávio Danrley, Luma Gomes e Pedro Macedo. A artista Vivian Oliveira assina a cenografia e figurino, já a iluminação é de Lúcio Miranda, o espetáculo conta ainda com melodias do músico Heitor Oliveira, produção executiva e assistência de direção de Justino Vettore.

Hayla

Hayla

Comente

Relacionadas

Outras postagens